A inovação do Flamengo é apenas jogar futebol

No país do retrocesso em todos os âmbitos, Jorge Jesus deixará um legado de trabalho simples, atualizado e bem feito



Jorge Jesus diz: "Flamengo, eu te amo" em linguagem de sinais.

Com a vitória sobre o Atlético Mineiro no Maracanã válida pela 24º rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo se isola ainda mais na liderança, agora com incríveis 55 pontos e 8 de vantagem com relação aos seus concorrentes: Palmeiras e Santos (ambos tem 47). É a 17º vitória do time na competição em 24 jogos. Está há 14 partidas sem sofrer uma derrota (pouco mais de 2 meses). Já ultrapassou a barreira dos 100 gols marcados e segue batendo recordes. Parece um time fora do comum, de outro planeta, de outro continente... Mas não é! O Flamengo é o mais brasileiro das equipes com Jorge Jesus que executa um trabalho taticamente sofisticado, mas ao mesmo tempo, simples.

É claro, vale salientar que o Flamengo é o mais "brasileiro" dos times no que tange ao desempenho dentro das quatro linhas, uma vez que sua excelente gestão administrativa e futebolística passa longe da forma tupiniquim. Dentro de campo, o trabalho profissional de Jorge Jesus se sobressai ao amadorismo dos demais técnicos brasileiros. No Brasil, é relativamente fácil se destacar, basta fazer o seu trabalho de maneira competente. Na Europa, cujo nível é equilibrado por cima, o treinador não conseguiu obter maior relevância e sucesso no que se refere ao desempenho em competições internacionais. De todo modo, longe de tirar seu mérito, a facilidade com que a sua equipe vem atropelando adversário por adversário no Brasil diz mais sobre a situação desprezível do futebol brasileiro do que sobre si mesmo. Mesmo conhecendo a qualidade de um treinador multicampeão em Portugal, a maneira como suas ideias se sobrepõem as da maioria dos técnicos brasileiros é assustadora. De maneira bem transparente e sintética, o time do comandante português executa um jogo de alta intensidade defensiva e ofensiva, agressividade na marcação alta e média, valorização da posse de bola, troca de passes velozes e verticais, objetividade e condicionamento físico. Características que podem ser resumidas em: Mentalidade / atitude vencedora. Apenas isso tem sido capaz de causar uma pane em 80% dos clubes brasileiros que se deparam com a ousadia da equipe rubro-negra em jogar futebol.

O Flamengo de Jorge Jesus se propõe a vencer e jogar bola em todos os momentos da partida independente da situação na qual o time se encontre. Algo que sempre foi próprio do Brasil, porém deve ter se perdido em algum momento da história provavelmente no meio dos escândalos envolvendo cartolas, no meio da covardia, do processo amador de planejar o esporte e por aí vai...

Comentários